Ao fim de 10 anos, um dos chefes manicos de Portugal vai abandonar o cargo. Vai haver festa em Lisboa.

Chamam-lhe o Patriarca, em ateno, sem duvida, s suas barbas e cabelos brancos. Est na maonaria desde antes do 25 de Abril e , para um profano (assim de designa que no Maon) s o nome do seu cargo revela todo um mundo desconhecido: Soberano Grande Comendador do Supremo Concelho do Grau 33 em Portugal! uma espcie de mximo responsvel da Universalidade manica, que uma coisa diferente de ser Gro-Mestre, que uma autoridade manica do Pais. Complicado?

Jos Carlos Nogueira, 67 anos, empresrio reformado e psiclogo, eleito h 10 anos, abandonar o cargo daqui a uma semana, no decorrer de uma cerimnia branca (com presena de profanos convidados) durante a qual investir o sucessor: Agostinho Garcia, gestor de 64 anos que j era o seu numero dois e cuja principal caracterstica , segundo dizem, a descrio. Maon, em suma.

A festa , no prximo fim-de-semana, vai trazer pela primeira vez a Lisboa, sete dezenas de Irmos dos mais altos graus manicos, vindos pelo menos de 30 pases. E marcado est tambm para Portugal o congresso mundial da Maonaria, em 2015. Ser a reunio de todos os Supremos Concelhos, cujos membros (do grau 33, o mais elevado) dirigem a obedincia e inspeccionam as lojas.

Jos Carlos Nogueira representa apenas umas das obedincias manicas em Portugal, a Grande Loja Legal de Portugal/GLRP (o R de regular), uma dissidncia oficializada em 1991 do Grande Oriente Lusitano (GOL). Entre os vrios ritos e tradies diz-se que haver cerca de 3000 Maons, alguns no Governo ou outros postos de responsabilidade. verdade? Diz o militante manico Jos Carlos Nogueira: No posso dizer que sim, mas penso que sim. sim.

Rejeita todavia a ideia de que a maonaria uma fonte de poder e defende que ela uma escola. Lana farpa ao GOL, censurando-o por assumir um papel politico demasiado activo. Esclarea-se que ele prprio j foi membro de uma Comisso Nacional e da Comisso Directiva do PS no ps 25 de Abril, mas hoje um militante de base.

Seja como for, conforme diz, um bom Maon reflecte as preocupaes de interveno social da Maonaria e defende as suas ideias, onde quer que esteja. Uma agenda secreta, ento? No, a perspectiva no a tomada de poder, embora um Maon tenha a obrigaao de ajudar os governos. At porque, a maonaria sempre uma maneira expedita de resolver problemas e mais ainda ao reunir transversalmente Irmos de vrias confisses religiosas e credos polticos em vrios pases.

Exemplos? Timor. Um lobi de Maons Portugueses ajudou Ramos Horta a remover no poucos obstculos e a rede de contactos internacionais que a maonaria proporciona tem valido em vrias situaes, percebe-se. Como Soberano Grande Comendador, virou a sua aco para o desenvolvimento da maonaria em Africa, em particular nos PALOP, todavia ainda sem massa critica para instituir uma Grande Loja (pelo menos 35 membros). E criou o primeiro Supremo Concelho negro, no Togo.

Individuo preocupado com o mundo sua volta, Jos Carlos Nogurira lana o alerta para o que a sua grande inquietao: o ambiente e as suas alteraes climticas. O homem est em guerra com o planteta e ele responde-nos dando cabo de ns. O capitalismo atingiu o znite ao querer transformar a comida em combustveis. um crime. O estado da Europa preocupa-o: beira de uma viragem, se no dramtica, pelo menos profunda.

Quanto a Portugal, desiludido com a politica embora, no deixa de avisar que precisiso estar atento a Manuela Ferreira Leite ou a Santana Lopes. J Scrates merece-lhe um grande elogio: profundamente democrtico.

 
 
JOOMLA TEMPLATES Joomla Templates By JoomlaBear